fbpx

Como ter concentração para estudar em qualquer lugar

Manter a concentração para estudar não é uma tarefa fácil, principalmente para quem se propõe a passar longas horas se preparando para concurso.

Mas você sabia que pode usar pequenos momentos da sua rotina para focos de atenção?

Quem explica isso é o professor e psicanalista Marcelino Viana, que recomenda, por exemplo, usar pequenos intervalos de tempo, como a fila de um banco ou o trajeto no transporte público, para dedicar aos estudos.

Você pode tanto assistir à live em que o psicanalista falou sobre o assunto, quanto ler as dicas que ele deu nesse post, combinado?

Não confunda falta de concentração com incapacidade

É comum fazer uma associação entre foco e concentração. Porém, um grande erro dos estudantes pode ser associar essa falta de atenção a se considerar incapaz de estudar ou de aprender determinado conteúdo.

Isso pode até mesmo desmotivar o candidato a correr atrás de seus sonhos e o levar à desistência.

Marcelino Viana explica que essa é uma ideia equivocada. A falta de concentração não tem nada a ver com incapacidade. Até porque é normal que o nosso cérebro esteja sempre procurando outros estímulos.

Pense que você está dirigindo e de repente aparece alguém na estrada, o que faz com que você freie o carro. Esse ato de pisar no freio acontece justamente por causa da capacidade do seu cérebro de desviar a atenção para algo novo que chega no ambiente.

Você nunca usa 100% do seu poder cognitivo de concentração. Seu cérebro é programado para prestar atenção com eficiência. O que significa ignorar o foco de tempos em tempos e checar se não há nada de complexo ao redor, explica o médico.

A grande sacada aqui é converter essa capacidade que o cérebro tem de mudar de foco muito rápido em algo que possa ajudar os seus estudos em vez de atrapalhá-los. Vamos aprender como?

Exercícios básicos para manter a concentração

Segundo o professor Marcelino Viana, o primeiro passo é se perguntar:

  • Manter a concentração é um desafio para você?
  • Isso te desmotiva?
  • Você associa a algo desinteressante?

Respondidas essas perguntas, o psicanalista aconselha incluir na sua rotina exercícios como:

Atividades como o checklist e o planejamento ajudam você a focar e ter mais atenção ao que você fará.

Se você já segue esses passos e, ainda assim, tem problemas de concentração, saiba que isso é normal. Principalmente para quem tem uma rotina de longas horas de estudo seguidas.

O cérebro está sempre em busca de informações para deixar seu funcionamento mais dinâmico, mas existem algumas formas de aprimorar os estudos.

A autoanálise é fundamental nesse sentido. É preciso olhar para sua rotina e se perguntar em quais horários você consegue render melhor. Como você pode descobrir isso? Testando.

“Não é uma equação, mas uma trilha super importante em que o ponto inicial é você”, afirma o especialista.

 

Como analisar sua rotina?

Não é todo mundo que tem a possibilidade estudar seis horas por dia, por exemplo. Marcelino Viana aconselha você analisar sua rotina por turnos.

Pela manhã, quando você pega o transporte para o trabalho, poderia estudar durante meia hora do trajeto? À tarde, na hora do café, tem 15 minutos em que poderia assistir uma videoaula? E à noite, quando chega em casa, depois de dar uma descansada?

Pode parecer pouco, mas se você consegue estudar todos os dias meia hora no ônibus, por exemplo, com a atenção totalmente focada, durante dois anos, já não é mais tão pouco assim, não é mesmo?

Segundo o psicanalista, o que deve ser levado em conta não é a quantidade, mas qualidade de tempo da atenção focada.

Inclusive, estudar durante muitas horas seguidas é muito mais difícil. O motivo? O cérebro fica naturalmente cansado de fazer uma única atividade e começa a desviar a atenção.

Exercícios para manter a concentração

Como melhorar a concentração?

Para sempre proporcionar uma boa dinâmica para o funcionamento do cérebro e, em consequência, maior atenção e concentração para estudar, o professor sugere:

  • Pequenos intervalos durante o dia para estudar
  • Inserir conteúdos diferentes
  • Rever um estudo breve e recente
  • Desafiar-se
  • Analisar o nível de concentração
  • Audiobooks
  • Podcasts
  • Videoaulas

O cérebro reage muito bem a acessos de atenção gerados por conteúdos novos e à revisão de conteúdos que foram estudados recentemente.

Desafios inseridos aos poucos, como aumentar um pouco a dificuldade do conteúdo estudado ou subir o tempo de estudos para 15 ou 30 minutos a mais, por exemplo, são outras dicas para aumentar a concentração para estudar.

Para analisar o nível de concentração, Viana sugere o uso de mapas mentais, grifos e resumos. Explorar outros sentidos, como a audição através de podcasts ou audiobooks, além do uso de videoaulas, também é muito interessante.

Lembrando sempre que assistir a videoaulas não é o mesmo que estudar, afinal, o aluno fica em uma posição passiva de ouvinte.

Um conselho que Marcelino Viana considera precioso é deixar para assistir à videoaula de um conteúdo depois que você já estudou ele. Além de estar fresco na memória, funcionará como uma espécie de revisão.

Para longos períodos de estudo, ele recomenda estar sempre analisando os frutos colhidos pelo planejamento que você montou. As pausas para descanso também são muito importantes.

Princípios para melhorar a concentração para estudar

Por fim, Marcelino Viana dá algumas dicas práticas que podem ser aplicadas diretamente nos seus estudos:

  • Não se contente em apenas ler: escreva!
  • Escreva à mão em vez de digitar
  • Revise a matéria que aprendeu em aula no mesmo dia
  • Diminua a frequência de aparelhos eletrônicos
  • Estude em um local organizado e tranquilo
  • Busque esvaziar a mente em locais mais agitados
  • Use marca-texto
  • Respeite seu tempo
  • Tenha uma programação organizada, mas seja flexível
  • Crie um pequeno ritual antes de estudar
  • Mantenha hábitos globais

Você tem dificuldade de se concentrar nos seus estudos? No Blog da Folha Dirigida são sempre divulgadas diversas dicas para aprimorar esse momento tão importante na vida do futuro servidor!

Princípios para melhorar a concentração

Você pode gostar...

2 Resultados

  1. Gustavo Woltmann disse:

    Você realmente escreveu muito bem.

    • Folha Dirigida disse:

      Olá, Gustavo. Tudo bem? Que bom que gostou conteúdo! Acompanhe o nosso blog para mais dicas de preparação para concursos! Abraços, Blog Folha Dirigida! 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *