fbpx

Como estudar matéria nova para concurso?

Ao iniciar os estudos para concurso, umas das primeiras dúvidas que o futuro servidor tem é sobre como estudar uma matéria nova.

Seja dentro de uma disciplina que ainda não deu início, seja dentro de uma matéria que você já conhece, mas ainda não chegou em determinado assunto, estudar matéria nova é algo que sempre deixa os estudantes nervosos.

Segundo o professor da Folha Cursos, Marco Ferrari, o diferencial de uma boa preparação se divide em duas etapas. São elas: a construção de um bom material de base e suas futuras revisões.

O especialista explicou como estudar uma matéria nova no programa Desafio Aprender, no Instagram da Folha Dirigida. Você pode assistir a live, que ficou gravada no IGTV, ou ler neste post um resumo da explicação do professor Marco, ok?

Estudar matéria nova é algo que sempre deixa os estudantes nervosos

O diferencial de uma boa preparação se divide em: construção de um bom material de base e futuras revisões, segundo o professor Marco Ferrari (Foto: Pixabay)

Como estudar uma matéria nova?

A princípio, a matéria nova, por definição, é aquela com que você nunca teve contato antes. Para um melhor entendimento, vamos dividir os materiais de estudo em duas categorias:

  • Material de base
  • Material de revisão

O material de base é mais profundo e bem explicado. Ele traz uma visão transversal da explicação, ao apresentar muitos conceitos com maior profundidade. Por exemplo, são as videoaulas e os PDFs.

Dessa forma, representam o seu primeiro contato com um determinado assunto.

Por outro lado, o material de revisão é mais resumido e direcionado. São os mapas mentais, as fichas-resumo e os flashcards.

Nesse contexto, as questões de concurso entram como uma terceira via.

Através delas, o futuro servidor perceberá quais são os tópicos cobrados com maior frequência nas provas e quais assuntos têm mais dificuldade, pois não acerta as questões que o envolvem. Eles também devem aparecer nos resumos.

Como encaixar os materiais dentro da hora de estudo?

Outra dúvida muito comum ao futuro servidor é em que momento do estudo incluir cada tipo de material. Primeiramente, o professor Marco recomenda reservar uma hora para cada disciplina. Essa variação ajudará a não tornar a sua preparação exaustiva.

O primeiro contato com a disciplina sempre deverá ser através do material de base. Aqui, não importa se ele será uma aula ou um PDF. Somente testando você conseguirá reconhecer com qual das opções se dá melhor.

Em seguida, o conselho de Marco Ferrari é construir o seu material de revisão enquanto consome o material de base.

Ou seja, fazer anotações com suas próprias palavras do que o professor está falando. Até mesmo escrever quais são os pontos que considera chave no PDF em que está lendo.

Inclusive, é essa capacidade de adaptar a linguagem técnica de um determinado conteúdo para a sua que a prova de concurso exigirá.

Como se aprovado em concurso?

Portanto, o grande diferencial em como estudar a matéria nova estará na forma que você a consome. Suponhamos dois estudantes que consumiram exatamente o mesmo material de estudo e que tiveram a mesma quantidade de horas líquidas para estudar.

Entre esses dois, o aprovado será aquele que estudou o material de base de forma ativa. Isto é, escrevendo e construindo o seu material de revisão, em vez daquele que apenas leu ou assistiu videoaulas sem tomar suas próprias notas.

Em suma, a diferença entre quem passa e quem não passa é a revisão, juntamente com a resolução de exercícios. No entanto, não dá para chegar lá sem o material de base. Em outras palavras, como estudar a matéria nova.

Basicamente, enquanto você vê o conteúdo novo, já constrói o material de revisão. Em seguida, dá início à resolução de questões.

Com elas, consegue traçar os pontos de dificuldade e os assuntos mais frequentes na prova, para também os levar para a revisão.

Como estudar matéria nova e dar conta da revisão?

Depois de ler tudo isso, é normal pensar que é muita coisa para fazer. Principalmente em meio a uma rotina muito corrida que não envolve só estudar.

No entanto, o professor Marco explica que, com organização, é possível dar conta de tudo. Ele recomenda dividir a hora de estudo da seguinte forma:

  • Consumir o material de base
  • Enquanto o consome, grifar ou fazer anotações nas próprias palavras
  • Nos últimos minutos, resolver questões que envolvam aquele assunto

Conforme for criando o hábito de seguir a metodologia, esse esquema ficará mais fluido. O mesmo vale para o entendimento do assunto. Quanto mais frequente for o contato com ele, mais natural será para você.

Ou seja, lá pela quarta, quinta, sexta vez vendo uma matéria, você já estará craque nela.

No início, é normal não ter um material de revisão. No entanto, conforme o tempo vai passando, ele vai ficando cada vez mais robusto, direcionado e completo.

Como dividir a hora de estudo

Como estudar matéria nova através de um curso?

Para o professor Marco, um bom curso para concurso envolve dois fatores: variedade de ferramentas e direcionamento.

PDFs, videoaulas, transcrição de aulas… experimentar diferentes ferramentas ajuda o futuro servidor a perceber com qual delas tem um aprendizado mais efetivo.

Você vai encontrando o seu mundo, o seu jeito de estudar, resume Marco Ferrari.

Além disso, o que faz a diferença na preparação não é o volume de material consumido, mas como é consumido. Ou seja, traçar uma linha lógica, com as aulas que você tem, em busca de um melhor desempenho.

Como começar estudar matéria nova?

Para quem está começando, a dica de Marco Ferrari é sempre começar das matérias mais básicas e depois partir para as específicas. Principalmente se este é o seu primeiro concurso e ainda não sabe para qual área quer fazer provas.

Outro fator importante é, ao montar um ciclo de estudos, começar com menos matérias e depois ir crescendo em quantidade de disciplinas. Isso porque, neste primeiro momento, o futuro servidor está trabalhando na criação de um hábito.

Em resumo, ninguém senta para estudar pela primeira vez e lê 300 páginas. Aguentar ficar sentado por muito tempo ou ler com fluidez são práticas que vêm com o tempo.

O mesmo vale para o foco nos estudos. “É algo que você consegue ir aumentando com o tempo porque está se estimulando”, afirma o professor.

Até mesmo para a ansiedade, algo que todo futuro servidor enfrenta em determinado nível, vão se encontrando alternativas e treinamentos. Exercícios físicos, boa alimentação e dormir bem são hábitos essenciais nos estudos para concurso.

Lembrando que, se você acha que sofre de ansiedade em um nível patológico, o recomendado é sempre procurar um médico que recomende o devido tratamento. Nunca faça um autodiagnóstico.

Já sabe como estudar matéria nova, futuro servidor? Continue acompanhando o Blog da Folha Dirigida para mais dicas para alavancar seus estudos!

Meu Primeiro Concurso Público

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *