Concurso ANM: mais de 600 cargos vagos favorecem convocações

O concurso ANM está autorizado para o preenchimento de 40 vagas, mas é possível que mais aprovados sejam convocados devido ao déficit atual.

04/08/2021 11:15

04/08/2021 11:15

O Ministério da Economia autorizou, em julho, o novo concurso ANM. Ao todo, serão abertas 40 vagas. No entanto, com mais de 600 cargos vagos, é possível que a Agência Nacional de Mineração solicite aumento no número de convocações.

Para isso, a Agência deverá solicitar ao Governo Federal o chamamento de mais aprovados. Conforme o  decreto, nº 9.739 de 2019 , o Ministério da Economia poderá autorizar 25% a mais do número de vagas imediatas.

Desta forma, mais 16 convocações podem ser autorizadas, somando assim 56 chamadas. Como ainda assim o déficit permanecerá elevado, um novo concurso poderá ser autorizado pela Economia. 

Esse pedido, inclusive, está em análise na pasta. Ao todo, foram solicitadas 150 vagas para as seguintes áreas:

CargoVagasRequisitos
Engenheiro de minas70Nível superior na área de Engenharia de Minas
Geólogo50Nível superior em Geologia
Contador/Economista20Nível superior em Contabilidade ou Economia
Bacharel em Direito5Nível superior em Direito
Estatístico5Nível superior na área de Estatística

 

Atualmente, segundo a Agência Nacional de Mineração, há 603 cargos vagos na carreira de especialista em recursos minerais.

Concurso ANM terá vagas em 5 estados

Autorizado em julho, o concurso ANM contará com 40 vagas no cargo de especialista em recursos minerais. Em resposta à Folha Dirigida, a Agência Nacional de Mineração confirmou a distribuição destas oportunidades. 

Ao todo, cinco estados brasileiros serão contemplados com vagas. São eles:

  • Minas Gerais (18 vagas);
  • Pará (oito);
  • Mato Grosso (duas);
  • São Paulo (duas); e
  • Distrito Federal (dez).

As vagas autorizadas são para a área de Segurança de Barragens. A carreira de especialista em recursos minerais exige o nível superior dos candidatos, no entanto, as especialidades que serão oferecidas ainda não foram reveladas.

Ainda segundo a Agência, atualmente os especialistas contam com vencimentos iniciais de R$4.039,70, que podem ser acrescidos da Gratificação de Desempenho de Atividades de Recursos Minerais (GDARM).

A gratificação pode ser mínima, no valor de R$1.467,40 (20 pontos) ou máxima R$5.869,60 (80 pontos). Desta forma, no limite da pontuação, a remuneração pode chegar a R$9.909,30.

Prepare-se para concursos com a Folha Cursos!

Resumo sobre a seleção

  • Órgão: Agência Nacional de Mineração (ANM)
  • Cargos: especialista em recursos minerais
  • Vagas: 40
  • Requisito: nível superior em área a ser definida
  • Remuneração: entre R$4.039,70 e R$9.909,30
  • Banca: a definir
  • Edital: até janeiro de 2022

Edital deve ser publicado até janeiro de 2022

Autorizado pelo secretário especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital, do Ministério da Economia, Caio Paes Andrade, o concurso ANM deve ser aberto em até seis meses, a partir da portaria publicada no dia 19 de julho.

Desta forma, o edital deve ser divulgado até janeiro de 2022. Neste período, caberá à ANM compor a comissão organizadora, para elaborar o projeto básico da seleção, e escolher e contratar a banca que ficará responsável pelo concurso.

Concurso ANM está autorizado pela Economia (Foto: Divulgação)
Concurso ANM terá 40 vagas (Foto: Divulgação)

O último concurso ANM foi realizado em 2010. Na época, o Instituto Movens foi o responsável pela seleção. 

Ao todo, foram oferecidas 256 vagas para os cargos de: analista administrativo, especialista em recursos minerais e técnico administrativo.

Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e discursivas, ambas de caráter eliminatório e classificatório.

A avaliação objetiva contou com 20 questões de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa e Legislação do cargo escolhido) e outras 20 de Conhecimentos Específicos.

Quer receber novidades sobre concursos?

Cadastre-se para receber e-mails com asnotícias em destaque da semana, dicas de preparação, novidades da Folha Dirigidae muito mais!

Carregando...