Concurso AL RN: sai edital com 47 vagas e ganhos até R$8,3 mil

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte publicou o edital do seu concurso AL RN, com oferta de 47 vagas e ganhos de até R$8.338,64.

Saiu o edital do novo concurso AL RN . Ao todo, a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte oferece 47 vagas, em cargos dos níveis médio, técnico e superior.

As oportunidades para o cargo de técnico legislativo, de nível médio ou técnico e com ganhos de R$4.468,16, estão divididas pelas seguintes especialidades:

  • Apoio Administrativo (nível médio) - 13 vagas;
  • Contabilidade (nível médio e certificado de curso profissionalizante correlato) - três vagas;
  • Edificações (nível médio e certificado de curso profissionalizante correlato) - uma vaga;
  • Tecnologia da Informação (nível médio e certificado de curso profissionalizante correlato) - cinco vagas;
  • Tecnologia de Sistema (nível médio e certificado de curso profissionalizante correlato) - uma vaga.

O cargo de analista, por sua vez, exige o nível superior e tem ganhos iniciais de R$8.338,64. As vagas estão distribuídas da seguinte forma:

  • Processo Legislativo (nível superior em qualquer área) - dez vagas;
  • Arquitetura (graduação em Arquitetura) - uma vaga;
  • Contabilidade (graduação em Contabilidade) - três vagas;
  • Engenharia Civil (graduação na área) - uma vaga;
  • Engenharia Elétrica (graduação na área) - uma vaga;
  • Medicina (graduação em Medicina e especialização em Cardiologia) - uma vaga;
  • Administração (graduação na área) - três vagas;
  • Tecnologia da Informação (graduação na área ou qualquer curso superior com pós-graduação em TI) - quatro vagas.

Além dos ganhos iniciais, ambos receberão o auxílio-alimentação de R$1.400 mais o  auxílio de assistência à saúde, de acordo com a faixa etária do servidor público.

Confira o edital do concurso AL RN 2022

edital al rn 2022

Inscrições serão aceitas até julho

As inscrições para o concurso AL RN serão abertas às 9h da próxima quinta-feira, 23, por meio do site do Instituto AOCP, organizaodor. Os interessados poderão se inscrever até as 23h59 do dia 25 de julho.

Para participar da seleção é preciso pagar uma taxa de R$95 (níveis médio e técnico), R$125 (nível superior), até o dia 26 de julho.

Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), doadores de leite materno, medula óssea e de sangue, além de convocados pela Justiça Eleitoral podem solicitar a isenção da taxa, no site da banca, entre os dias 23 e 30 de junho.

Concurso AL RN oferece vagas nos níveis médio, técnico e superior (Foto: Divulgação AL RN)
Concurso AL RN oferece vagas nos níveis médio,
técnico e superior (Foto: Divulgação AL RN)

Resumo sobre a seleção

  • Órgão: Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte (AL RN)
  • Cargos: técnico legislativo e analista legislativo
  • Vagas: 47
  • Requisito: níveis médio e superior
  • Remuneração:  R$4.468,16 e R$ 8.338,64
  • Banca: Instituto AOCP
  • Inscrições: de 23 de junho a 25 de julho
  • Provas: 25 de setembro

Concurso AL RN terá provas em setembro

Os candidatos do concurso AL RN serão avaliados por meio de exames de múltipla escolha e uma redação ou estudo de caso, dependendo do cargo.

As provas ocorrerão no dia 25 de setembro, nos turnos da manhã (técnicos) e da tarde (analistas), nas cidades de Caicó, Mossoró, Natal e Pau dos Ferros, todas no Estado do Rio Grande no Norte.

Para os técnicos, serão cobradas 60 questões, sendo elas de Conhecimentos Gerais e Específicos.

Técnico de apoio administrativo

  • História do Rio Grande do Norte (sete questões);
  • Legislação Institucional (12);
  • Constituição do Estado do Rio Grande do Norte (11);
  • Língua Portuguesa (15); e
  • Matemática e Raciocínio Lógico (15).

Técnico de Contabilidade; Edificações; Tecnologia da Informação; e Tecnologia de Sistema

  • Língua Portuguesa (oito);
  • Matemática e Raciocínio Lógico (sete);
  • História do Rio Grande do Norte (cinco);
  • Legislação Institucional (cinco);
  • Constituição do Estado do Rio Grande do Norte (cinco); e
  • Conhecimentos Específicos (30).

No caso dos analistas, boa parte das provas objetivas terão questões de Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico, História do Rio Grande do Norte, Legislação Institucional e Conhecimentos Específicos.

A exceção será para a área de Processo Legislativo. Neste caso, os candidatos terão que responder a questões de:

  • Língua Portuguesa (dez);
  • Matemática e Raciocínio Lógico (cinco);
  • História do Rio Grande do Norte (cinco);
  • Direito Civil (cinco);
  • Direito Administrativo (dez);
  • Direito Constitucional (dez);
  • Legislação Institucional (dez); e
  • Constituição do Estado do Rio Grande do Norte (cinco).

Para ser aprovado, em todos os casos, será preciso obter 50% ou mais do total de pontos previstos na prova objetiva, além de não ser eliminado por outros critérios estabelecidos no edital.

No mesmo dia da objetiva, será aplicada a prova discursiva. Para ter esse exame corrigido e passar para a próxima etapa, o candidato deverá obter a pontuação estabelecida para aprovação no exame de múltipla escolha e a classificação conforme os limites dispostos na tabela 14.1 do edital.

Após a conclusão de todas as etapas, o concurso será finalizado. A seleção será então homologada e ficará válida por um ano, podendo ser prorrogada por igual período.