Concurso PRF: mais de 2 mil cargos irão vagar em cinco anos

Mesmo com o 'sucesso' do atual concurso PRF, a corporação precisa pensar em um próximo logo. Afinal, mais de 2 mil cargos irão vagar. Veja!

Embora o atual concurso possa ajudar a preencher todo o efetivo da Polícia Rodoviária Federal, é importante que a corporação já comece a pensar em um novo concurso PRF o quanto antes. Isso porque estão previstas mais de 2,1 mil saídas em cinco anos.

A informação é da própria PRF, que, segundo ela, tem 2.184 aposentadorias previstas para os próximos anos. A maior parte delas, inclusive, já deve acontecer em 2022.

Previsão de aposentadorias - PRF
Ano Quantidade
2022 1.054
2023 119
2024 298
2025 306
2026 407
Soma 2.184

Vale destacar que este número pode ser ainda maior, já que é apenas uma previsão. Além disso, um órgão pode ter outras saídas, além de aposentadorias, como mortes e exoneração.

Dessa forma, mesmo que o atual concurso consiga suprir toda a demanda, ela será por pouco tempo. Por isso, um novo edital é importante para que a PRF não fique novamente com um quadro tão defasado.

PRF preencherá quadro com atual concurso?

Para quem não sabe, a PRF pode ter, por lei, 13.098 policiais em seu quadro de pessoal. Atualmente, a corporação conta com 12.356 policiais em atividade.

Recentemente, o presidente Jair Bolsonaro autorizou a chegada de mais 625 policiais. Com isso, o número deve subir para 12.981 PRFs. 

A corporação, no entanto, ainda tenta derrubar uma cláusula que elimina os excedentes. Caso consiga, a corporação deve conseguir preencher todo o efetivo com os 117 aprovados que ainda restam no cadastro de reserva, zerando assim a sua lista.

Foto de PRFs na estrada
PRF solicita novo concurso, mas depende de aval da Economia
(Foto: Divulgação)

Qual a chance de um novo concurso PRF ser realizado?

Para prover mais cargos, somente se um novo concurso PRF for realizado, já que a lista deve ser zerada e não será capaz de suprir toda a carência de aposentadorias. 

Mas, qual é a chance de um novo edital? A PRF poderá realizar um novo concurso o quanto antes? Ele já tem previsão?

Chances de um edital existem, mas isso não depende apenas da Polícia Rodoviária Federal. Mas a parte dela foi feita, enviando um pedido ao Ministério da EconomiaA corporação, no entanto, não confirmou quantas vagas foram solicitadas.

O novo concurso poderá ser feito caso a demanda seja autorizada pela pasta econômica. Sem o aval, a corporação não poderá prover novos cargos após zerar o cadastro de reserva.

O que precisa para concorrer no concurso PRF?

Um policial rodoviário federal precisa ter graduação em qualquer área e carteira nacional de habilitação a partir da categoria B.

A PRF proporciona remuneração de R$10.357,88, já considerando o auxílio-alimentação de R$458. A carga de trabalho é de 40 horas semanais.

Já a carreira de agente administrativo exige o nível médio e tem ganhos de R$4.022,77. Assim como em 2021, a PRF não renovou o pedido do concurso da área administrativa e as vagas seguirão sem ser preenchidas. 

O regime de contratação é o estatutário, que assegura a estabilidade.

Último concurso PRF teve 1.500 vagas

A Polícia Rodoviária Federal publicou o edital do concurso PRF 2021 com a mesma oferta autorizada, sendo ela de 1.500 para o cargo de policial rodoviário federal.

O regime de contratação da PRF é o estatutário, que garante a estabilidade empregatícia. O edital de abertura, dividiu as 1.500 vagas em:

  • 1.175 para ampla concorrência;
  • 300 para negros; e
  • 75 para pessoas com deficiência (PcD).

A novidade da vês na prova objetiva foi a presença da Língua Estrangeira. Veja a distribuição das questões:

Bloco 1 - 55 itens

  • Língua Portuguesa
  • Raciocínio Lógico-Matemático
  • Informática
  • Noções de Física
  • Ética no Serviço Público
  • Geopolítica Brasileira
  • Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol)

Bloco 2 - 30 itens

  • Legislação de Trânsito

Bloco 3 - 35 itens

  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Legislação Especial
  • Direitos Humanos e Cidadania

A seleção contou ainda com outras etapas, como: 

→ Avaliação de saúde;
→ Avaliação psicológica;
→ Avaliação de títulos;
→ Investigação social;
→ Curso de formação.